sexta-feira, 25 de novembro de 2016

UM DIA NA HISTÓRIA: 25 DE NOVEMBRO

Fatos Históricos, Políticos, Sociais, Artísticos e Literários

Em 25 de novembro de 1978 - Nasceu a atriz brasileira Thais Araujo
Em 25 de novembro de 2005 - Foi criado em São Paulo o Forum dos Comunistas, com o Partido Comunista Brasileiro, a refundação Comunista e a Corrente Luis Carlos Prestes.
Em 25 de novembro de 1935 - O ditador Getúlio Vargas, decretou o estádio de sítio, Milhares de comunistas e democratas são presos, mas no interior do RN formaram-se grupos guerrilheiros, chefiados por Miguel Moreira.
Em 25 de novembro de 1936 - Assinatura do Pacto Anti Komitem entre Alemanha e Japão, acordo que tinha como objetivo a oposição ao desenvolvimento do Comunismo.
Em 25 de novembro de 1964 - O Comitê de Libertação da OUA - Organização da Unidade Africana, reconheceu o MPLA - Movimento pela Libertação de Angola como o único representante do povo angolano.
Em 25 de novembro de 1987 - Nasceu a atriz brasileira Adriana Birolli.
Em 25 de novembro de 1947 - Nasceu o cantor brasileiro Ze Rodrix, falecido em 2009.
Em 25 de novembro de 1986 - Nasceu a acantora atriz, norte americana Katie Cassidy.
Em 25 de novembro de 1960 - Foi assassinada As irmãs Mirabal, veja o histórico abaixo com base no texto de Dudu Tomaselli.

No dia 25 de novembro é comemorado o Dia Internacional para o Fim da Violência contra as Mulheres.

A data é uma homenagem ao assassinato das irmãs Patria, Minerva e María Teresa Mirabal a quarenta e nove anos atrás, no dia 25 de novembro de 1960.

Na época a República Dominicana vivia sob o regime do ditador Rafael Leonidas Trujillo Molina, que estava no poder no país desde 1930. As três irmãs, conhecidas como As Borboletas, ajudaram a organizaram a luta armada contra o ditador e foram mortas juntas, em uma emboscada.

A história das Irmãs Mirabal virou um excelente filme (que acabei de assitir e me fez escrever esse texto): No Tempo das Borboletas (com Salma Hayek no papel de Minerva Mirabal e Edward James Olmos interpretando Trujillo). O filme é uma maneira de conhecer um pouco mais de uma das mais cruéis, sangrentas e opressoras ditaduras da América Latina, que era apoiada pelos Estados Unidos e promoveu um limpeza étnica contra os haitianos. A ditadura de Trojillo acabou seis meses depois da morte das Irmãs Borboleta, com o assassinato do ditador.
Fonte: A Tela da Reflexão

As Irmãs viraram heroínas na República Dominicana e receberam inúmeras homenagens depois da morte do ditador. Uma delas foi a mudança do nome do estado de Salcedo (onde nasceram) para Irmãs Mirabal e outra foi a criação do Dia Internacional para o fim da Violência contra as Mulheres.

Fonte: A Tela da Reflexão

Nenhum comentário: