segunda-feira, 7 de novembro de 2016

CARA A TAPA

Rapaz, o facebook é onde as divergências mais se encontram e entram em cheque. Além desta "ferramenta social", temos o blog onde muitas "mentes" e ideologias botam a cara a tapa.
Neste mundo de meu deus é difícil se posicionar hoje em dia sem sofrer "buylling", principalmente se contraria os "prós", aqueles que chamam todo mundo que não se alinha aos seus anseios e objetivos, de golpista, incluindo aí até a tal mídia golpista, aquela que combate os desvarios e o bolivarismo tão presente nos ditos comunistas brasileiros.
Ser chamado de tucano, de peemedebista e de outros adjetivos menos "votados" é buylling sim, é tentar desqualificar, externar sua ira e seu ódio em quem não comunga com suas ideias ditas progressistas.
Aqui e acolá é onde se faz a tempestade cerebral com a respectiva lavagem, onde os incautos se deixam levar por argumentos muitas vezes mesquinhos e embarcam nesta canoa furada.
Defender o governo, aliar-se àqueles que defendam a PEC 241, aí é que a coisa se pega. Vão te chamar de retrógrado, pois já puseram na cabeça que esta PEC é para aniquilar com os pobres, causar mais desemprego, acabar com as aposentadorias, permitir aos de cima, aqueles super salários de juízes em suas diversas instâncias e os deputados e senadores, mais os deputados estaduais e vereadores, esta casta onde a crise não chega, pois seus proventos estão garantidos e em dia para todo o sempre, pois para esta "elite", se falta dinheiro, aumentam-se os impostos, pois lá no andar de cima não existe esta de gastar o que ganha, não há esta de controle do orçamento (como fazemos em casa), ali é ao deus dará.
Se esta pec procura adequar os gastos estabelecendo um teto, e se não mexerem nos ganhos das classe mais abaixo, os pagadores dos desmandos federais, se é para controlar o orçamento em sua plenitude sem permitir ir além do que arrecada, não tem como nem porque ser contra. E esta de mexer com as verbas da educação, não há esta evidência, tudo não passa de movimento político com o fim único de desgastar este governo atual, fraco e indeciso na hora de tomar as decisões mais urgentes e necessárias.
Então, é necessário questionar estas publicações muitas vezes falsas e factóides, que visam tão somente disseminar o confronto, um enfrentamento para derrubar o atual governo, como forma de vingança...
Nenhum governo é santo, nem este que caiu recentemente, cujos militantes mais hostis defendem causar furor, destruição, ocupações, invasões, aniquilar com a ordem democrática atual.
Por isto, sabendo que muitos pensarão ao contrário, e é direito deles, coloco aqui meu posicionamento sobre o momento atual.
E seja o que Deus quiser!

Nenhum comentário: