domingo, 9 de outubro de 2016

MALANDRAMENTE: FUNKEIROS MCS NANDINHO E NEGO BAM FESTEJAM SUCESSO DO HIT

MC Nego Bam e MC Nandinho (Foto: Divulgação)MC Nandinho e MC Nego Bam: os donos do hit 'Malandramente' (Foto: Divulgação)
A vida dos MCs Nandinho e Nego Bam tomou um novo rumo há cerca de um mês. Estourados com a música “Malandramente”, os funkeiros ganharam reconhecimento do público e passaram a fazer shows praticamente todos os dias. Mesmo com todo esse sucesso, em conversa com oEGO, os responsáveis pelo hit garantem que a humildade permanece.
“Nunca duvidei que o sucesso poderia acontecer, mas não esperava esta rapidez toda. Agora, se eu for ao shopping, tenho que tirar foto. Se for à esquina, tenho que dar autógrafo. Isso é muito gostoso. Mas sou igual ao Zeca Pagodinho, não perco a humildade nunca”, afirma Nandinho, autor da música.
O hit, inclusive, já começou a mudar a vida do MC. “A primeira coisa que fiz com o dinheiro foi ir ao supermercado. Quando estava sem trabalho, no fundo do poço, sempre pensava: 'Quando tiver dinheiro, vou gastar R$ 1.500 em compras'. Foi gratificante poder proporcionar isso pra minha família”, afirma.
Malandramente  (Foto: Divulgação )Malandramente é o hit do momento (Foto: Divulgação )
Nego Bam, que divide os vocais com Nandinho, faz coro ao parceiro. “Já comprei presentes para meu filho e para minha esposa. Comprei TV, guarda-roupa e estou economizando para comprar uma casa legal”, conta o funkeiro, morador do município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, no Rio. “No meu bairro, é só eu colocar o pé na rua que todo mundo quer tirar foto. É bem legal ver o reconhecimento do nosso trabalho”, festeja.
“Malandramente” foi lançada em parceria com Dennis DJ, conhecido como "David Guetta do funk", que também participa do próximo single da dupla, “Mexe Mexe de Boa”. “Essa nova música é tipo um arrocha. Vai ser bem diferente”, adianta Nego Bam.
'Pensei que nunca mais ia fazer sucesso'
Quando estourou com “Mulher Profissional”, MC Nandinho realizou o sonho de comprar sua casa própria. O funkeiro, no entanto, confessa que chegou a pensar que nunca mais alcançaria o sucesso. “Eu já tinha uma certa trajetória no funk, fiz algumas músicas que fizeram sucesso, mas nada se compara ao que aconteceu com ‘Malandramente’. Antes desta música, pensei que nunca mais ia fazer sucesso. Sou velho e gordo. Hoje, para fazer sucesso, tem que ser saradão, igual ao MC Biel. Mas não desisti e acabou acontecendo”, conta o funkeiro, que, apesar de se dizer velho, só tem 28 anos.
Casado e pai de duas meninas, Giovanna, de 6 anos, e Valentina, de 2, Nandinho não esquece de agradecer o apoio da mulher, Tauany. “Ela me ajuda muito. Tira foto das fãs comigo, responde quem me manda mensagem, criou até o meu fã-clube! Minha mulher é prêmio de loteria”, derrete-se.
Nego Bam, porém, não quer que o filho siga seus passos no palco. “Quero que ele estude, faça faculdade. Na música, a gente nunca sabe se vai dar certo”, diz.'
Gosto de ópera'
Já viu funkeiro gostar de ópera? Nego Bam é um deles. O cantor, inclusive, chegou a sofrer preconceito no início da carreira por sua forma de cantar. “Quando comecei, diziam que pra cantar funk tinha que gritar, mas essa não é a minha”, garante o pai de Miguel, de 4 anos. “Ele é um dançarino. Onde vai, já chega dançando. Ele finge que é meu dançarino e pede para tirar foto com meus fãs”, diverte-se.
Música feminista
Apesar de algumas controvérsias, Nandinho e Nego Bam garantem que a intenção com “Malandramente”, era fazer um funk feminista. No clipe, que já tem quase 13 mil visualizações no YouTube, uma mulher vai ao baile, mas não fica com o rapaz. Ela vai embora e só manda uma mensagem.
"Tem muito funk esculachando a mulher... Tem que sentar, tem que dar pra todo mundo. Tenho uma esposa e duas filhas, então pensei em fazer um funk diferente. Não sei se é machismo, mas a maioria dos funkeiros não quer contar que levou fora. As mulheres precisavam de uma música que falasse por elas”, declara Nandinho.
Apesar da intenção, a letra da música não foi interpretada desta forma por muitas mulheres. Tanto que diversar versões feministas da canção já apareceram em redes sociais. Os funkeiros, inclusive, aprovam todas as "respostas" ao hit. “É até legal. Não gosto de música que esculacha mulher. Nós temos que proteger as mulheres, tratar com carinho”, afirma Nego Bam.
MC Nego Bam e MC Nandinho no clipe de Malandramente (Foto: Reprodução/YouTube)MC Nandinho e MC Nego Bam no clipe do hit Malandramente (Foto: Reprodução/YouTube)Fonte: http://ego.globo.com/

Nenhum comentário: