domingo, 2 de outubro de 2016

EU SOU UMA LONGA HISTÓRIA

Senta aí, eu vou te falar sobre mim… é melhor você saber a verdade agora, para depois não dizer que eu não te avisei. Pegue uma xícara de chá e fique à vontade, eu posso demorar. Pode ser que eu demore uma noite, ou uma vida… A única coisa que eu posso te garantir é que eu não sou mulher de poucos segundos.
Pra começar, eu não gosto de relações superficiais. Eu sou intensa, eu dou o meu máximo, por isso nunca me contentarei com o seu mínimo. Não vou cobrar a sua atenção, mas se você não corresponder às minhas expectativas, provavelmente eu vá embora.
eu sou 02
Existe algo sobre mim que eu nunca soube explicar: eu dou murro em ponta de faca, sou insistente, faço o possível, o impossível e por vezes valorizo pessoas que não merecem… mas quando eu me canso de uma situação, ou de alguém, não há nada que me faça voltar atrás. É como se da noite para o dia todo aquele sentimento se esgotasse dentro de mim. Você não acha isso estranho?
Também tem isso, eu posso ser estranha algumas vezes. Eu sinto vontades que vem do nada, e tem dias que eu tenho saudades de sei lá o quê. Eu sou dramática, mas detesto drama, entende? Eu sou sensível. Confesso, eu não sou fácil. Meu gênio é forte e dificilmente eu mudo de opinião. Se você queria alguém simples, certamente não sou eu… eu sou cheia de detalhes.
eu sou
É bom que você saiba que eu sou complexa e que eu tenho complexos.  Eu tenho traumas, defeitos… e é bom que você saiba também que eu sei disfarçar muito bem a minha insegurança e que eu não vou te pedir para ficar ao meu lado. Você fica se quiser – e se eu quiser. Eu tenho uma armadura quase impermeável, se eu permitir que você entre, por favor não me obrigue a te mandar embora.
Eu não sou para qualquer um e não costumo entrar na vida de alguém para passar uma temporada, eu entro para ficar. Portanto, caso você esteja procurando um resumo, não encontrará em mim… querido, eu sou sempre uma longa história.
Fonte: http://aterapiadealice.com/

Nenhum comentário: