domingo, 23 de outubro de 2016

DEU NO JORNAL (BLOG "BESTA FUBANA")


FARINHA DO MESMO BISACO

Juntando todos os processos em que é acusado, Eduardo Cunha está sujeito à sentença recorde de 160 anos de cadeia. Se depender do desejo da força-tarefa da Lava Jato, será a maior condenação da História, no Brasil, de um político suspeito de crimes de corrupção.
Cunha não tem alternativa senão tentar um acordo de delação premiada, para reduzir o tempo de cárcere. Ou vai mofar na cadeia.
Cunha havia sido denunciado pelo Ministério Público em agosto por ter recebido US$ 5 milhões por contratos de navios-sonda da Petrobras.
* * *
Eu acho que 160 anos, um número par e redondo, ainda é muito pouco pra este ladrão cabra-safado.
E vou aproveitar a oportunidade pra repetir de novo, mais uma vez, novamente:
A Petrobras onde Eduardo Cunhão mamou seus milionários pixulecos é aquela empresa que era administrada pelos gunvernos do PT.
Isto sim, é que é golpe. Golpe naquele velho sentido, dado por estelionatários e trambiqueiros golpistas.
Não o “golpe” que vive na boca do fubânico Ceguinho Teimoso.
Aliás, em falando do Ceguinho, que adora defender corruptos, ele seria um excelente advogado pra Cunhão.
Se for condenado e preso sozinho, Cunhão faria muito bem em entregar o nome do parceiro Lula, em cujo gunverno se deu a trambicagem Cunhão/Petrobras.
lula-cunha
Lulão e Cunhão, dois tolôtes do mesmo pinico corrupcional
Fonte: http://www.luizberto.com/

Nenhum comentário: