domingo, 25 de setembro de 2016

UM DIA NA HISTÓRIA: 25 DE SETEMBRO

Em 25 de setembro de 1968 - O médico do MPLA, Américo Boavida, foi vitimado por um bombardeio aéreo do exército português à Base Hanoi II, perto do Rio Luati e da Floresta de Cambulê no Moxibo.Angola.
Em 25 de setembro de 1963 - Num golpe pró Estados Unidos, na República Dominicana. Depós o Presidente Juan Bosh (foto)um admirador deFidel Castro e da Revolução Cubana.
Em 25 de setembro de 1964 - Um levantamento armado foi lançado oficialmente nesta data com o ataque ao posto administrativo de Chai na província de Cabo Delgado, que culminaria mais tarde em 1975 com a Independência de Moçambique.
Em 25 de setembro de 1962, o Presidente João Goulart criou o Ministério do Planejamento, e como titular, o economista Celso Furtado(foto) acima.
Em 25 de setembro de 1969 - Nasceu Catherine Zeta Jones, em Swansea, no pais de Gales
Em 25 de setembro de 1949 - Tivemos o Massacre de Tupã-SP, quando a polícia efetua, os assassinatos dos Marma, Godói, Rossi dirigentes do PCB no município de Vera Cruz.
Em 25 de setembro de 1956 - A peça Orfeu da Conceição lançou a parceria Vinícius de Morais e Tom Jobim.
Em 25 de setembro de 1948 - Nasceu a escritora e novelista Gloria Peres, em Rio Branco.
Em 25 de setembro de 1908 - Foi fundada as Casas pernambucanas, pelo sueco Herman Theodor Lundgren (mercado varejista)
Em 25 de setembro de 1980 cerca de 240 mil trabalhadores rurais entraram em greve reivindicando aumento salarial, carteira assinada e o cumprimento da Lei de Sitio, que garante a terra para subsistência.
Em 25 de setembro de 1683 - Nasceu o musico Jean Philipe Rameau, que aos 19 anos passou a integrar uma trupe de músicos italianos.
Em 25 de setembro de 1971 Nasceu o escritor Valter Hugo Mãe em Saurino -Angola
Em 25 de setembro de 1849 - Foi enforcado Lucas de Feira, escravo fugido desde 1828, preso não denunciou quem ajudou na sua fuga. Preso acabou enforcado em Feira de Santana na Bahia.Brasil.

Fatos Históricos importantes do dia 25 de setembro

Em 25 de setembro de 1919 - A violência associada com o linchamento do negro Will Brown. desencadeado por uma reportagem de jornal Omaha Bee, que de uma forma sensacionalista estampou o estupro de uma jovem branca chamada Agnes Loebeck de 19 anos, Will o senhor negro de 40 anos como   suspeito. No dia seguinte acabou sendo preso e desencadeou um motim racial. A jovem não identificou Will Brown como o agressor, mas mesmo assim ele foi barbaramente assassinado, inocente mas, morto  pelo simples fato de ser e acusado por uma imprensa mal intencionada negro.
Barbara Walters
Reportagem de Bárbara Waters
Em 25 de setembro de 1929 - Nasceu Bárbara Waters a primeira mulher a apresentar um telejornal no mundo.
Gloria Perez
Em 25 de setembro de 1948 - Nasceu Gloria Perez a teledramaturgica de muitas e muitas histórias da TV brasileira.
Massacred de Tupa-SP
Em 25 de setembro de 1950 - A polícia efetuou o massacre de Tupã ao assassinar Mama Godoy e Rossi dirigentes do Partido Comunista Brasileiro - PCB no município de Vera Cruz.
Guerra de Libertação (1964-1974)

Contexto Internacional

Os movimentos de libertação irrompem por todo o continente africano após a 2ª. Guerra Mundial (1939-1945). O fim do colonialismo, com a consequente independência de todas as colónias torna-se um dado adquirido. Este princípio foi consagrado, em 1945, no capítulo XI- "Declaração sobre os territórios não autónomos" -da Carta da Organização das Nações Unidas (ONU).Em especial, o segundo artigo desse capítulo, o 73º., era claro sobre a necessidade de rapidamente se proceder ao desenvolvimento de formas de auto-governo dos povos colonizados.A partir daqui sucederam-se as acções para a promoção do fim do colonialismo, a irrupção de guerras de libertação e a Independência de antigas colónias.

A ditadura que governa Portugal, à semelhança de faziam outros regimes democráticos europeus, procura resistir em vão a este movimento internacional. Os primeiros territórios a serem libertados foram os situados na India (Goa, Dão e Diu). No dia 18 de Dezembro de 1961, as tropas União Indiana invadem-nos e declaram-os parte integrante do país.

Em África, a primeira colónia portuguesa onde irrompe a guerra de libertação foi Angola (1961), seguindo-se Guiné-Bissau (1963) e depois Moçambique (1964).  

Moçambique
Os colonos brancos foram os primeiros a reclamaram a autonomia e mesmo a Independência de Moçambique. 

Os movimentos nacionalistas negros só surgem a partir dos anos cinquenta do século XX.  Dois acontecimentos são apontados como os tendo despertado: a greve dos estivadores em Maputo (1956), cuja sangrenta repressão causou a morte a 49 trabalhadores, e o massacre de Mueda (norte de Moçambique), em Junho de 1960, onde foram barbaramente assassinados 17 negros.

As primeiras organizações de libertação, a MANU (1959), UDENAMO (1959),  UNAMI (1961),  foram fundadas por emigrantes moçambicanos em colónias inglesas da África Oriental (Tânzania, Malawi,e Rodésia, respectivamente). Em 1962, por influência de Julius Nyerere (Presidente da Tanzânia), estas organizações fundem-se numa única frente de combate: a Frelimo, sob a direcção de Eduardo Mondlane (funcionário da ONU).

Embora da maioria dos dirigentes da Frelimo fosse do sul de Moçambique, os primeiros guerrilheiros são recrutados no norte, entre os macondes e os Nianjas, povos animistas que mantinham tradicionalmente uma relação conflituosa com os portugueses.



1964-1968

Dado o caracter tardio desta luta, as tropas portuguesas tiveram tempo para se reforçarem nas zonas consideradas mais perigosas: as que confinavam com a Tânzania. As outras fronteiras eram consideradas relativamente seguras. 

A luta armada inicia-se no norte de Moçambique, em Mueda, no dia 25 de Setembro de 1964. A Frelimo contava então com cerca de 250 guerrilheiros devidamente armados. Após o inicio da guerra, a forma brutal como os macondes e o nianjas foram tratados pelas tropas portuguesas, acabou por jogar a favor da Frelimo, que passou a contar com um largo apoio destas étnias.

A luta armada alastrou do "planato dos macondes", para as circunscrições de Palma, Mocimboa da Praia e Macomia, só parando no rio Messalo, onde se estendeu a etnia macua-lomué (islamizados). 

A Frelimo dirige-se agora para a região do Niassa, apoiando-se nas etnias ajauas e nianjas.

Em 1965 a Frelimo operava já na província do Niassa, ao longo do lago com o mesmo nome, ameaçando os terminais ferroviários da linha de Nacala. Dois anos depois, as tropas portuguesas confinam a acção da Frelimo a duas áreas: a Província de Cabo Delgado e o Nordeste do Niassa. A Frelimo afirmava então que possuía no terreno cerca de 8 mil guerrilheiros.

Em 25 de setembro de 1964 - A Frente de Libertação de Moçambique - Frelimo deflaga a luta armada.
Em 25 de setembro de 1967 - Carlos Lacerda e João Goulart emitem nota conjunta do Uruguai defendendo a Frente Ampla, contra o Golpe.
Will Smith
Em 25 de setembro de 1968 - Nasceu o ator e rapper norte americano Will Smith
Catherine Zeta Jones
Em 25 de setembro de 1969 - Nasceu a atriz britânica Catherine Zeta Jones
Sofia Alves
Em 25 de setembro de 1973 - Nasceu em Luanda a atriz portuguesa Sofia alves
Marion Zimmen Bradley


Em 25 de setembro de 1999 - Faleceu a escritora Marion Zimmen Bradley, note americana autora de "As brumas de Avalon".

Em 25 de setembro de 2010 - Terminou em Porto Alegre a VIII Jornada de estudos Afro-Brasileiro no Auditório Oswaldo Goidanich no Memorial do Rio Grande do Sul, na Rua sete de setembro, 1020 - Porto Alegre-RS.
Familia Silva
Em 25 de setembro de 2010 - Celebrado o primeiro ano da Conquista da titulação de terra do Quilombo da Familia Silva. Portanto em 2013 são quatro anos que conseguiram ter a posse da terra. Nesta primeira celebração teve teatro, escola de samba e a alegria foi geral. 
Fonte: A Tela da Reflexão

Nenhum comentário: