sábado, 27 de agosto de 2016

UM DIA NA HISTÓRIA: 27 DE AGOSTO

Em 27 de agosto de 1990 Faleceu o jurista Afonso Arino de Mello Franco, foi ele quem fez a primeira Lei em que a Discriminação Racial, passou a ser Contravenção Penal, no Brasil.
Em 27 de agosto de 1980 - Um atentado a bomba endereçada a OAB do Rio de Janeiro, mata a Secretária, Lyda Monteiro da Silva.
Em 27 de agosto de 1961 - Ben Khedda forma o governo provisório da Argélia
Em 27 de agosto de 1941- nasceu a cantora cabo-verdiana Cesária Évora
Em 27 de agosto de 2006 - morre D. Luciano Mendes - bispo brasileiro
Dia 27 de agosto de 2009 - Morre D. Helder Câmara, arcebispo emerito de Olinda
Em 27 de agosto de 1963 - Morre o escritor Willians Burgart Du Bois, autor da tese sobre a escravatura.
Em 27 de agosto de 1974 -  Morreu o compositor brasileira, Lupicínio Rodrigues
Em 27de agosto de 1943 - Inicio da Conferência da Mantiqueira, reunião promovido pelo PCB em plena clandestinidade do Estado Novo.

Em 27 de agosto de 1955 - nasceu a cantora Sandra de Sá expoente da música negra no brasileira
N.S. de Czestochowa ou Nossa Senhora Monte Claro ou Madona Negra, cópia fiel da pintura feita pelo evangelista Lucas.

Fatos Históricos, Políticos, Sociais. Artísticos e Literários

Georg  Willhelm Friedrich Hegel
Em 27 de agosto de 1770 - Nasceu o filósofo alemão Georg Wilhelm Friedrich Hegel.
Cezaria Évora
Em 27 de agosto de 1941 - Nasceu a cantora caboverdiana Cezaria Évora
Sandra de Sá
Em 27 de agosto de 1955 - Nasceu a cantora brasileira Sandra de Sá
Em 27 de agosto de 1963 - Faleceu o escritor francês Willians Bugard du Bois, autor de tese sobre a escravatura.
Lupicínio Rodrigues
Em 27 de agosto de 1974 - Faleceu o compositor brasileiro Lupiscinio Rodrigues
Em 27 de agosto de 1975 - Falece o último imperador da Etiópia, Hailei Salassie
Em 27 de agosto de 1980 - Atentado a bomba na sede da OAB Ordem dos advogados do Brasil, mata a secretária Lyda Monteiro da Silva.
Afonso Arino de Mello Franco
Em 27 de agosto de 1990 - Faleceu o jurista brasileiro Dr. Afonso Arino de Mello Franco, autor da Lei que determinou o preconceito racial como Contravenção Penal no Brasil.
Fonte: A Tela da Reflexão

Nenhum comentário: