sexta-feira, 12 de agosto de 2016

UM DIA NA HISTÓRIA: 12 DE AGOSTO

Em 12 de agosto de 1990 - O  então presidente do Iraque Sadão Hussein, declarou a Jihad, (guerra santa) e preveu a solução global para os conflitos da região, estabelecendo uma ligação entre a resolução do Golfo e a questão palestina.
Em 12 de agosto de 1982 Morreu o ator Henry Fonda
Em 12 de agosto de 1980 - nasceu a atriz norte americana Dominique Swaain
Em 12 de agosto de 1993 - nasceu a atriz norte americana Imani Hakim
Em 12 de agosto de 1983 -nasceu a modelo e atriz inglesa, Martina Warren

Em 12 de agosto de 1953 Nasceu o ex-presidente da Bolívia Sr. Carlos Mesa
Em 12 de agosto de 1893 - Encerrou o Congresso Internacional dos trabalhadores Socialistas, em Zurich, em que Friedrich Engels pronunciou o discurso de encerramento.
Em 12 de agosto de 1927 Entrou em vigor no Brasil a chamada Lei acelerada, que obrigou o PCB, voltar pra clandestinidade.
Bandeira dos conjurados baianos
Em 12 de agosto de 1798 Foi publicado o Manifesto dos Conjurados Baianos, conhecido como a Revolta dos Alfaiates
Em 12 de agosto de 1943 - Nasceu a cantora Clara Nunes, que encantou o Brasil com sua música(pontos) de terreiros


Conjuração Baiana
Em
 Em 12 de agosto de 1798 - Foi publicado o Manifesto dos Conjurados Baianos conhecido como a Revolta dos Alfaiates, o revolta dos Buzios
Fridrich Engels
Em 12 de agosto de 1893 -Friedrich Engels, fez o discurso de encerramento do Congresso Internacional de trabalhadores Socialistas de Zurich.
Edson Carneiro
Em 12 de agsto de 1912 - Nasceu o escrito Edson Carneiro, famoso pelos livros que contam a história do candomblés
Em 12 de agosto de 1927 - O PCB entra na ilegalidade, após o seis meses de legalidade, pois entrava em vigor a Lei acelerada, contra o movimento operário.
Clara Nunes
Em 12 de agosto de 1943 - Nasceu a cantora brasileira Clara Nunes
Fernando Collor de Mello
Em 12 de agosto de 1949 - Nasceu o ex-presidente do Brasil Fernando Collor de Mello, o primeiro presidente a sofre impeachment
Em 12 de agosto de 1983 - Foi assassinada a lider e presidente do Sindicato Rural Margarida Maria Alves, a mando dos latifundiários brasileiros.
Fonte: A Tela da Reflexão

Nenhum comentário: