terça-feira, 9 de agosto de 2016

DEU NO JORNAL (BLOG BESTA FUBANA)

TÁ DEMORANDO MUITO…

Enquanto roubavam a Petrobras, por meio de concorrências fraudulentas e contas superfaturados, as empreiteiras Camargo Correa, Odebrecht, Queiroz Galvão, OAS, UTC e Andrade Gutierrez fizeram depósitos regulares nas contas da empresa pessoal do ex-presidente Lula, a LILS Palestras, Eventos e Publicações, entre os anos de 2011 e 2014. Somente nesse período, foram mais de R$ 10 milhões.
A informação consta no documento enviado à Justiça Federal esta semana para defender a competência do juiz federal Sergio Moro para julgar o petista. O ex-presidente vem fazendo um grande esforço para escapar do alcance do juiz titular da Vara Federal de Curitiba, e de caracterizar de alguma maneira uma suposta “questão pessoal” entre julgador e investigado.
Como sócio majoritário da LILS, Lula controla 98% da participação societária da empresa, por isso, segundo os procuradores da Lava Jato sustentam no documento à Justiça Federal, “não há como desassociar o fato de que os cinco maiores repassadores de dinheiro à LILS Palestras, Eventos e Publicações foram empreiteiras integrantes do cartel que fraudou, de forma bilionária, licitações em desfavor da Petrobras”.
AUTO_sponholz-1
* * *
Que Lapa de Cabra Safado se locupletava com dinheiro público não é novidade alguma pros cidadãos de bem do Brasil e pra quem é sadio dos dois olhos e enxerga a realidade.
Só mesmo crédulos tabacudinhos residentes em Banânia é que ainda resistem e teimam acreditar neste gigantesco guabiru, o fela-de-puta que devastou estepaiz.
Já está passando da hora de ele ir obrar de cócoras numa cadeia de Curitiba, num banheiro tão sujo quanto a ficha dele.
Dr. Moro, transforme sua caneta numa pajaraca sextavada descomunal e enfie todinha, sem pena e sem vaselina, no buzanfã deste canalha.
Lula-preso-pela-PF (1)
Fonte: http://www.luizberto.com/

Nenhum comentário: