domingo, 30 de agosto de 2015

ÚLTIMAS NOTÍCIAS ( RICARDOORLANDINI.NET)



Últimas notícias

RESENHA EM CHARGES - (A CHARGE ONLINE)


Charge de Amarildo (Gazeta)

Esta charge do Amorim foi feita originalmente para o

Esta charge do Newton Silva foi feita originalmente para o
Folha de S. Paulo

Esta charge do Duke foi feita originalmente para o

Esta charge do Duke foi feita originalmente para o

AGENDA DE JOGOS (UOL) - CLIQUE

http://esporte.uol.com.br/futebol/agenda-de-jogos/

MONARQUIA: AO INVÉS DE ARCAICO, É O PODER VOLTADO PARA O POVO

Ouvindo, no rádio, dias desses, um debate sobre sistemas de governo me chamou a atenção o denominado Monarquia.
Se a gente se manifestar ou defender o sistema monárquico vai ser tachado de retrógrado e absolutista, mas, se ativer ao tema, fazer uma pesquisa e ir fundo no assunto vai notar que o sistema monárquico é hoje o ideal, pois nele não há disputa acirrada pelo poder, sendo a administração retaliada, não na acepção da palavra "monarquia" que nos induz a pensar em "mono", um só, o poder de uma pessoa só.
As províncias, ou estado, são independentes, embora regidas pela lei maior no que concerne à unidade de gestão e distribuição de funções.
No sistema monárquico, cada um administra seu "feudo" sem perder a ligação com o poder acima hieráquico e com o poder central.
A remuneração dos constituintes é de acordo com a dotação, e não pode exceder determinado valor, nem criar cargos ao bel prazer, como na democracia brasileira. Nem negociação por verbas e mordomias.
Esta distância absurda entre o salário do trabalhador comum e das altas esferas do poder, com um abismo descomunal, isto, na monarquia constitucional é totalmente impossível, obedecem a uma regra de valorização da pessoa humana dentro da pirâmide social, sem descalabros, sem mutretas, sem maracutaias, sem conluios e conchavos.
O debate acabou me convencendo de que nosso sistema de governo tem falhas gritantes e de completa injustiça social.
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/50/
Uma monarquia constitucional ou monarquia parlamentarista, que se opõe à monarquia tradicional e àmonarquia absolutista, é um sistema político em monarquia que reconhece um rei eleito ou hereditário como chefe do Estado, mas em que há umaconstituição (série de leis fundamentais) que limita os poderes do mesmo monarca.
chefia de Estado é exercida por ummonarca; a chefia de Governo por um primeiro-ministro, por um presidente do Conselho de Ministros, ou pelo Presidente do governo, a ele cabendo o verdadeiro encargo do Poder Executivo e a direção das políticas interna e externa do país, além da administração civil e militar, de acordo com as leis e a Constituiçãonacionais. Existe também uma Prerrogativa Real ou Poder moderador chefiado pelo Monarca.
As monarquias constitucionais modernas obedecem frequentemente a um sistema de separação de poderes, e o monarca é o chefe (simbólico) do poder executivo.

Lista de monarquias constitucionais atuais

PaísAno da última constituiçãoTipo de monarquiaMonarca selecionado por
 Antígua e Barbuda1981Monarquia eletivaSucessão hereditária regulada pela constituição
 Aruba1986ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Austrália1901ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Bahamas1973ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Bahrein2002ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Barbados1966ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Bélgica1831ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Butão2008ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Camboja1993ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Canadá1981ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Curaçao1986ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Dinamarca1953ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Emirados Árabes Unidos1971Monarquia eletivaEscolha do Supremo Conselho Federal
a partir de líderes de Abu Dhabi
Flag of Spain.svg Espanha1978ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Granada1974ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Jamaica1962ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Japão1946ImpérioSucessão hereditária regulada pela constituição
 Jordânia1952ReinoSucessão hereditária não regulada pela constituição
 Kuwait1961EmiradoSucessão hereditária não regulada pela constituição
 Lesoto1993ReinoSucessão hereditária aprovada pelo Colégio de Chefes
 Liechtenstein2003PrincipadoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Luxemburgo1868Grão-ducadoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Malásia1957Monarquia eletivaSeleção entre nove sultões hereditários
 Marrocos1962ReinoSucessão hereditária não regulada pela constituição
 Maurícia1991ReinoSucessão hereditária não regulada pela constituição
 Mónaco1911PrincipadoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Noruega1814ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Nova Zelândia1907ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Países Baixos1815ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Papua-Nova Guiné1975ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Reino Unido1689ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Ilhas Salomão1978ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Santa Lúcia1979ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 São Cristóvão e Nevis1983ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 São Vicente e Granadinas1979ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Suécia1974ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Tailândia1933ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Tonga1970ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição
 Tuvalu1978ReinoSucessão hereditária regulada pela constituição

SÍLVIO BRITO: PARE O MUNDO QUE EU QUERO DESCER